Uniformes para empresas, por que investir?
Em primeiro lugar, o uniforme mostra o perfil da empresa, é a sua porta de entrada, por isso, a escolha deve se pautar na tecnologia e qualidade.

O uniforme é um instrumento eficiente para aprimorar a cultura do bom gosto e da imagem adequada dentro da empresa.

Um estudo realizado em uma rede de 4 hotéis comprovou que os uniformes “afetam a percepção do cliente sobre a imagem da empresa e isso pode afetar o lucro do negócio a longo prazo. Com os uniformes profissionais, os funcionários se sentem parte da empresa e isso eleva o nível de confiança e profissionalismo, o que reflete em um melhor atendimento aos clientes.”

Independente do modelo e qual conceito do Uniformes para empresasele vai transmitir, seja ele prático, padrão executivo, elegante, descolado, versátil ou sóbrio, seja nas cores, o modelo irá representar a identidade da empresa.

De maneira que é fundamental a conscientização dos colaboradores, não somente sobre o correto uso das peças, mas também, da apresentação de cada um deles e sobre as regras de etiqueta que devem ser seguidas, como, por exemplo:

  • da adoção de postura correta,
  • da apresentação do colaborador,
  • de penteados, maquiagem, corte de cabelo,
  • da escolha adequada dos acessórios, bolsa, sapatos, joias e bijuterias, entre outras.

Percebe-se, que dessa forma a construção de uma imagem positiva não é um empecilho, todavia, a corporação deve sempre ficar atenta aos detalhes cotidianamente, observando sempre seus colaboradores, insistindo nas instruções para não serem esquecidas e transformando a prática num processo de aprendizagem constante.

De acordo com a professora de marketing Victoria Seitz, os uniformes podem estreitar laços entre os funcionários e a empresa, o que aumenta as chances de sucesso do negócio e a lealdade da equipe. Mas para isso, Victoria aponta que : “É necessário criar políticas de como o uniforme será usado, como a exigência de cintos, sapatos, meias, penteados e maquiagem apropriados. Se os funcionários não mantiverem o uniforme sempre apresentável, terem uma postura adequada e oferecerem um bom atendimento ao cliente, os uniformes profissionais não conseguirão passar a credibilidade da empresa.”.

Todos esse cuidados indicam que a empresa segue uma política que reforça a identidade visual, da mesma forma que fica perceptível, ao ambiente corporativo, que a credibilidade do profissional a da organização estarão sempre em primeiro lugar.

Segundo uma pesquisa realizada por Ashwini K. Poojary, da Sawyer Business School na Universidade de Suffolk em Boston, sobre a eficácia dos uniformes como ferramenta de marketing, 73,5% dos entrevistados afirmaram que os uniformes são mais eficazes do que comerciais na TV e 74,4% concordaram que eles promovem mais resultados positivos do que anúncios na rádio.

Portanto, o investimento em uniformes para empresas é uma alternativa de publicidade eficaz e deve ser considerado uma prioridade no trabalho de marketing.

Como criar um uniforme personalizado?
A criação de uniformes com personalidade requer conforto ao vestir, qualidade do tecido e modelo esteticamente atrativo.
A beleza do uniforme não pode ser ignorada. Como Sheehan afirmou em Dressed to Impress: “Se está com vergonha de ser visto usando o uniforme, as chances de você não fazer esforço para ser visto pelo público/cliente são muito altas.”

Por isso, é importante levar em conta uma série de critérios na hora de escolher os uniformes para empresas, como:

  • O resultado da personalização do uniforme: geralmente as cores fortes podem cansar mais e, quando elas combinadas com o bordado, o resultado pode não ficar visualmente atrativo. Os tons pastéis e claros mantêm a elegância e não são cansativas.
  • O tipo de corte: o corpo masculino é um, o feminino outro. Por isso, criar sempre um modelo de uniforme com corte adequado, usando a modelagem digital (tecnologia que cria modelos que se encaixam em qualquer tipo de corpo).
  • O Brasil é um país tropical, por isso, antes de escolher o modelo é sugerido que se leve em conta a atividade exercida e dar preferência a tecidos mais leves para que o funcionário possa “respirar” à vontade e ter liberdade de movimentos.
  • O tecido do uniforme deve ser fácil de lavar.

Depois dessas observações, é preciso verificar também que tipo de atividade o funcionário vai exercer, como, por exemplo:

Atividades operacionais: tecidos ante chama, anticorrosivo e antiestético que são ideais para trabalhar em lugares de alto risco ou que exigem contato com materiais abrasivos ou fogo.
Atividades em recepção, atendendo e/ou recebendo clientes: é interessante privilegiar a apresentação como um todo. Nesse caso, uniformes com tecidos que não amassam facilmente.
Atividades em áreas externas: é preciso atentar na temperatura. Nesse caso o ideal é o algodão e tecidos com a tecnologia dry.

E, por fim, é preciso também que a empresa fique atenta quanto a:

  • Modificação de temperatura, para que o colaborador não fique incomodado nem com temperaturas altas ou baixas
  • Definição de tempo de reposição, para que não haja desgaste do uniforme
  • Delimitação da quantidade por profissional
  • Utilização do uniforme fora do ambiente de trabalho

Talvez seja interessante manter a equipe envolvida nessa etapa, pois assim você entenderá o modelo de uniforme que os funcionários se sentiriam mais confortáveis em usar.

Uniformes para hotéis
Para grandes redes de hotéis os uniformes são verdadeiras estratégias de marketing, pela grande procura deste tipo de estabelecimento e pela concorrência que só aumenta com o tempo, são necessários estudos aprofundados para que os uniformes sejam a vitrine de um hotel de qualidade, aconchego e credibilidade junto aos seus hóspedes.

Além disso, é preciso verificar a funcionalidade dos uniformes para cada tipo de função, de todos os colaboradores que atuam no local.

Desta forma é muito importante ter fornecedores ecléticos, prontos a inovar em uniformes, oferecer tecidos de qualidade e modelagens diferenciadas dentro do mercado de hotelaria.

Alguns dos aspectos analisados sobre uniformes para empresas, segundo profissionais de RH e Marketing do ramo, são:

  • posicionamento do hotel;
  • estrutura do hotel
  • departamentos a serem uniformizados;
  • armazenamento e estoque para verificar o tamanho do pedido;
  • praticidade e conforto;
  • manutenção dos uniformes.

Com estas informações enviadas por meio de briefing é possível apresentar modelos exclusivos para as necessidades de cada cliente. Como pudemos ver, os uniformes são um tema importante neste ramo e sabe por quê?

A comunicação visual e a identificação imediata à chegada dos hóspedes são fundamentais para que se criem laços, para que o hotel ganhe credibilidade e para que, acima de tudo, o hotel seja lembrado com boas memórias.

Afinal, este é um estabelecimento em que o cliente utilizará como um substituto de sua própria casa, ou seja, todas as formas de deixá-lo confortável e confiante são bem-vindas e a aparência, neste caso, conta e muito.

A escolha do modelo de uniforme certo para a empresa resulta na criação única de sua identidade, é uma verdadeira estratégia de marketing.

E, finalmente, a escolha do modelo certo repercute na produtividade do funcionário, fazendo-o sentir inserido no ambiente de trabalho, da mesmo forma na organização da empresa.

Na verdade, a escolha de modelo de uniformes para empresas apropriados tornam-se num verdadeiro cartão de visita.

Os comentários estão desativados.

WhatsApp Atendimento Whatsapp