Há prós e contras na escolha de um uniforme. O uniforme em si nasceu como uma tentativa de priorizar o grupo,em relação ao individuo. Reforçar o senso de equipe, em detrimento do trabalho individual,colocar o sentimento de unidade e segurança, bem como confiabilidade. O uniforme diz subjetivamente, todos deste departamento são iguais; todos trabalham para o mesmo objetivo.
Aqui você encontra 15 passos importantíssimos na hora da escolha e de qual decisão tomar. Confiram:

Passo 1 – Escolher as cores , e os emblemas , no caso de ser uma empresa de um ramo que possa mudar os padrões já existentes de uniformes . Pensar em qual ideia se quer transmitir . Limpeza, organização, seriedade, rapidez, neutralidade? Qual o ramo da empresa . Busque em empresas similares, se há dicas do que se possa ser utilizado. Uma vez que sobre cores, há várias pesquisas para detectar a significância de cada uma em convenções .

Passo 2 – Acima das características convencionais , está a comodidade e segurança do individuo, bem como a economia em ter que variar de roupas, numa sociedade cuja cobrança por vestimenta tende ao absurdo, se virmos como o individuo é medido por ela.

Passo 3 – O Uniforme , evita que grifes e cortes diferenciados, categorizem a diferenciação de pessoas, que estão sob um mesmo propósito, em classes econômicas. Bem como estabelece padrões de segurança e higiene para um determinado grupo.
Há quem diga também que, o uniforme, dentro de uma corporação rotula pessoas , e os limita a circularem somente pelos locais onde o uniforme é padrão. Assim , teremos uma faxineira se sentindo diferente na fila do cafezinho , quando próxima a uma chefia vestida de roupas normais , ou que simbolize hierarquias. Já que, na fila do café, todos são iguais e estão em tempo de descanso .

Passo 4 – Pesquisas realizadas apontam como perda de identidade , o uso de uniforme. Foram submetidas pessoas que trabalhavam como garis , faxineiros e outros serviços que tinham contato próximo com o Público, e nesta pesquisa, as pessoas que tinham contato com tais profissionais uniformizados , tentavam reconhecê-los sem uniforme. A maioria não conseguiu . Notou-se que um simples boné, é capaz de descaracterizar a fisionomia , tornando os profissionais , como se fossem artigos neutros no convívio .

Passo 5 – Ao escolher usar ou não o uniforme deve-se ter em mente alguns quesitos:
É necessário usar uniformes? Se é, até que área de convívio da empresa o funcionário ficará obrigado a usá-lo? Tendo em vista que este funcionário terá que se deslocar, e utilizar sua aparência e características pessoais para demonstrar trato com os produtos da empresa, até que ponto é realmente necessário um uniforme completo ou somente um crachá?

Passo 6 – Segurança: Ao se optar pelo uniforme, quais os itens de segurança para as atividades aplicadas devem ser observadas.
Em locais com engrenagens não se pode ter muitos penduricalhos e laços, que podem prender. Na dúvida, consulte os manuais de segurança do trabalho, e conte com um especialista do setor .

Passo 7 – A comodidade do funcionário também. Incluindo os aspectos religiosos , se caso puder ser algo respeitado. Por exemplo respeitar se uma funcionária quiser usar saias ao invés de calças , em ambientes que não seja um fator limitante , uma ou outra. Caso seja impossível, converse com o funcionário sobre os porquês. Lembre-se, o funcionário faz as funções da empresa, ele é peça importante. Não há razão para uma gerente de loja ser obrigada a usar calças ou sapatos muito altos, ou maquiagens pesadas, se isto puder ser dispensado.

Passo 8 – Confeccione agasalhos com os mesmo motivos e logotipos dos uniformes básicos . Além de o funcionário não poder usar suas roupas pessoais para se cobrir no frio, você não vai querer seus funcionário tendo que fazer malabarismos com roupas por baixo do uniforme para se agasalharem. Além de descaracterizar todo o propósito da indumentária.

Passo 9 – Lembre-se de dispor de cortes confortáveis e modernos, que evitem passar aos outros a impressão de desleixo. Cortes antigos e largos demais, fazem tanto o funcionário quanto o cliente ou contratante se sentirem desconfortáveis . O uniforme dirá muito sobre sua empresa, bem ou mal.

Passo 10 – Recentemente um grande magazine foi multado e teve que a pagar uma razoável quantia à uma funcionária , que usava em seu uniforme uma pergunta com sentido dúbio. Freqüentemente ela era abordada com comentários maliciosos, usando tal frase , que era slogan de uma campanha do magazine. Portanto, o uniforme deve ser um aliado do funcionário .

Passo 11 – Lembre-se que há leis vigentes da Segurança do Trabalho, que está atrelada a vários órgãos trabalhistas, que norteiam alguns aspectos do uniforme quanto à segurança e ergonomia .
Hoje em dia, as empresas mais conceituadas utilizam até estilistas renomados para desenharem seus uniformes.

Passo 12 – Lembre-se: é contra a lei o funcionário ter que pagar qualquer item do uniforme, se este for exigido. A Empresa tem a obrigação de fornecer todos os itens sem discriminação, que forem necessários para a execução de tal tarefa.

Passo 13 –  Há varias tecnologias disponíveis hoje que apresentam tecidos inteligentes, com anti-estática, para produtos eletrônicos e, para hospitais e locais com exigência de maior rigor na higiene, tecidos antimicrobianos .

Passo 14 – Veja se você quer passar uma imagem mais conservadora, ou arrojada e moderna. Se a intenção é mostrar a neutralidade dos funcionários, ou colocá-los como peça importante a ser mostrada.

Passo 15 – Como escolher uniforme de trabalho para a empresa Fatalmente, agradar a todos é difícil até na alta costura. Portanto mostre ao funcionário que o uniforme é uma escolha para o coletivo, e que a razão não é a de colocá-lo no seu lugar de funcionário de maneira intransigente e autoritária, e sim, um movimento orgânico em que ele é importante, e que por esta consciência de corporação, precisa utilizar o uniforme. O maior crachá que se pode ter da empresa, é o sorriso no rosto do funcionário que ali está. Este argumento é insofismável .
.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.